2º VICE- PRESIDENTE ESTADUAL DA FECAMPAR, CONSULTORIA EM PREVENÇÃO DE INCÊNDIO

 

 TELEFONE. (43) 3328 8908

 

E-MAIL. focolondrina@hotmail.com

 

 

04/09/2017

 

04/09/2017

 

Orientação e Prevenção de Incêndio Focolondrina

 
 
 

      A Organização Focolondrina  tomou a iniciativa em 2013   em  orientar Empresas e Entidades a manusear Corretamente os equipamentos de segurança Extintores de incêndio, com esta atitude de seriedade e responsabilidade perante as empresas e as Entidades, nos últimos anos a Organização conquistou o respeito e a admiração de vários setores da sociedade, tanto política como empresarial.

      Por ser a 1º Organização Comunitária  a  se preocupar  em desenvolver um serviço de qualidade a ser oferecida para as Entidades e aos Empresários Londrinenses, vender recargas de  extintores  não deverá  ser  o  principal objetivo, mas sim desenvolver uma  prestação de serviço de qualidade para  que possa  proporcionar uma maior  Segurança ao patrimônio das Entidades e Empresas, que se utilizarão  dos  serviços diariamente, por que, o que adiantaria ter um Equipamento de segurança Extintor de incêndio,  se não saberem como manuseá-los.

    Não temos dúvidas em afirmar que esta iniciativa por parte de nossa Organização, vai continuar  contribuindo na diminuição dos números de incêndios que já vem ocorrendo nos últimos 04 Anos em Londrina.

 

 

Equipe Focolondrin04/09/2017

 

Orientação e Prevenção de Incêndio Focolondrina

 
 
 

      A Organização Focolondrina  tomou a iniciativa em 2013   em  orientar Empresas e Entidades a manusear Corretamente os equipamentos de segurança Extintores de incêndio, com esta atitude de seriedade e responsabilidade perante as empresas e as Entidades, nos últimos anos a Organização conquistou o respeito e a admiração de vários setores da sociedade, tanto política como empresarial.

      Por ser a 1º Organização Comunitária  a  se preocupar  em desenvolver um serviço de qualidade a ser oferecida para as Entidades e aos Empresários Londrinenses, vender recargas de  extintores  não deverá  ser  o  principal objetivo, mas sim desenvolver uma  prestação de serviço de qualidade para  que possa  proporcionar uma maior  Segurança ao patrimônio das Entidades e Empresas, que se utilizarão  dos  serviços diariamente, por que, o que adiantaria ter um Equipamento de segurança Extintor de incêndio,  se não saberem como manuseá-los.

    Não temos dúvidas em afirmar que esta iniciativa por parte de nossa Organização, vai continuar  contribuindo na diminuição dos números de incêndios que já vem ocorrendo nos últimos 04 Anos em Londrina.

 

 

Equipe Focolondrina

 

 

26/07/2016

 

Celso Melchiades perseverante na luta por prevenção de incêndio em Londrina.

       Em mais de 30 anos não teve ninguém com esta determinação e tão pouco com esta coragem de levantar a voz e cobrar de nossos Governantes Políticas Públicas de Prevenção de incêndio, foi também o único a solicitar ajuda ao Ministério Público para convencer o Prefeito Alexandre Kirreff a investir em Palestras de orientação de   Prevenção de incêndio nas Escolas Municipais.

Através de oficio Celso Melchiades solicitou que a Promotoria Pública do Paraná intercedesse junto ao SEGRASO NP reivindicando Brigadista de incêndios em todos Centros de Educação infantil e Creches filantrópicas de Londrina.

       Foi dele a iniciativa de Organizar a 1º Campanha de convencimento através das redes sociais em Londrina iniciada no dia 04 de Fevereiro de 2013 através do Site Focolondrina, e graças a sua determinação, fez com que nossas Autoridades fizessem com que os Empresários londrinense passassem a investir   em ações que visa diminuir os números de ocorrências de incêndios em nosso Município.

Quem o conhece   sabe que ele não aceita não como resposta, principalmente quando ele tem certeza que é certo o que está fazendo.

        Celso Melchiades está lutando para evitar que incêndios como ocorreu na Boate Kiss, não venha acontecer em Londrina, por que ele sabe que se vier acontecer em nosso Município vai haver muitas mortes e as vítimas serão os   jovens que não estiverem preparados com informações suficientes para saberem como se proteger até mesmo como se salvar em caso de incêndios.

 

 

Equipe Focolondrina.

 

08/05/2017

 

Geonisio Marinho propõe organizar o PRTB Comunitário no Paraná

 

    Depois de 04 anos de luta, podemos afirmar que a nossa Campanha foi um sucesso, por que o Paraná está sendo um exemplo para o Brasil em investimentos e ações para evitar que uma catástrofe como ocorreu na Boate Kiss voltasse acontecer no Brasil.

    Sabíamos que esta discussão sobre Políticas Públicas de Prevenção de Incêndio, não poderia mais continuar só nas mãos da sociedade civil organizada,  sabíamos também que, para garantir tudo que já conquistamos referente a prevenção de incêndio em nosso Estado, precisaríamos  estar sendo defendido politicamente por um Partido Político sério e honesto,  na atual situação que se encontram  os Partidos Políticos no Brasil, o PRTB do Paraná vem se destacando pela sua seriedade na defesa dos projetos que, beneficia a  Família do povo paranaense .

    No evento realizado dia 06/05/2017 na Câmara de Vereadores de Londrina, conversei com o Presidente Estadual do PRTB do Paraná, Geonisio Marinho, onde ele propôs organizar o PRTB Comunitário e assim a Prevenção de Incêndio estará sendo defendida com mais seriedade pelo Partido,  estarão  buscando parcerias  com a sociedade e juntos  exigir dos Prefeitos e principalmente do Governo do Paraná a Regulamentação da Lei 13.425/2017 e a continuidade nos investimentos em Políticas Públicas de Prevenção de Incêndio em nosso Estado.

 

Equipe Focolondrina

 

18/06/2015

 

ATRAVÉS DA PREVENÇÃO NASCE UM PARANÁ SEM QUEIMADURAS

 
 

    Durante os 36 anos de trabalho voluntario em movimentos Comunitário de Londrina, em nenhum momento nossas autoridades mostraram boa vontade em resolver uma das piores deficiências já comprovadas através da história no País.

    A Falta de Políticas Públicas de Prevenção de Incêndio não só em Londrina, mas em todas Cidades do Paraná e no Brasil.

    Tenho certeza que esta deficiência é a principal responsável por diversos incêndios causando milhares de vítimas de queimaduras com sequelas irreversíveis e mortes não só em Londrina mais em todo Paraná.

     Há 1 Milhão de vítimas de queimaduras anualmente no Brasil, sendo que na sua maioria crianças, incidentes que poderiam ter sido   fácil de ser evitados se as vítimas e seus familiares tivessem o mínimo de conhecimento obtidos através da informação sobre formas de se prevenir de um incêndio ou até mesmo de como se proteger dele.

    A FECAMPAR Federação das Entidades Comunitária e Associações de Moradores do Paraná, através de seu Vice Presidente Celso Melchiades, tomando a iniciativa de formar uma comissão para organizar encontros integrados com as comunidades de Londrina e Região, para estar debatendo soluções definitivas desta deficiência que já dura mais de 40 anos no Paraná e no Brasil.   

    

    EQUIPE FOCOLONDRINA

 

13/03/2017

 

ESTATÍSTICAS COMPROVAM A DIMINUIÇÃO DOS CASOS DE INCÊNDIO NO 1º TRIMESTRE DA CAMPANHADE PREVENÇÃO DE INCÊNDIO EM LONDRINA

 

    No dia 04 de Fevereiro de 2013, a Equipe Focolondrina, assumiu a responsabilidade em cobrar ações e atitudes responsáveis por parte dos Políticos e Empresários de nosso Município, visando diminuir os números de ocorrências de incêndios na cidade de Londrina, para isso, organizamos pela 1º vez na história de nossa cidade, uma campanha de convencimento e conscientização para fazer de Londrina uma cidade exemplo em Políticas Públicas de Prevenção de Incêndios.    

    A Equipe Focolondrina, tem o prazer de informar a toda sociedade londrinense, que no final do ano de 2015, fechamos o 1ºtrimestre da Campanha de Prevenção de Incêndio em nosso Município, com 189 ocorrências, um número bem inferior aos números de 2013 que foram de 241 ocorrências de incêndios só em Londrina.

   Segundo nossa avaliação, esta diminuição nos números de ocorrências de incêndios no 1º trimestre, se deve graças as inúmeras ações de fiscalização por parte do Ministério Público do Paraná e o Corpo de Bombeiros, fazendo que Hospitais, Asilos, Escolas Públicas e Particulares, Centro de Educação Infantil, Condomínios Residenciais e Comerciais, Shoppings, enfim, uma verdadeira mudança no comportamento, jamais visto em nossa cidade.

  Essa fiscalização fez com que acontecesse em Londrina o que não aconteceu nos últimos 50 anos, centenas de instituições Públicas, privadas e Empresariais, passou a olhar a prevenção de incêndio com maior responsabilidade, com isso todos passaram a investir em Equipamentos de combate ao princípio de incêndios, em treinamento e também na Organização de Brigadas de incêndios.

    Não temos dúvidas em afirmar que graças ao Ministério Público do Paraná e o Corpo de Bombeiros de Londrina a população Londrinense atualmente se encontra mais segura.

  

Equipe Focolondrina

 

As escolas Estaduais estão sem recurso para manutenção de seus equipamentos de segurança “Extintor de Incêndio”.

 

 

        Governador do Paraná Beto Richa, se o senhor tiver um tempinho, assista este vídeo sobre o incêndio na boate Kiss, tenho certeza que o Governador ao assistir, poderá perceber como percebi, que não foi só as Autoridades de Santa Maria que cometeram inúmeras irresponsabilidade que levaram a este trágico incêndio, aonde morreram 242 jovens inocentes.

        Quero chamar a atenção não só do Governador do Paraná, mas de toda sociedade para que vejam o que aconteceu logo no início do incêndio, precisamente no palco quando alguém que sabia como manusear o Extintor Incêndio, tentou usar o equipamento, mas o Extintor estava vazio sem sombra de dúvida, aquele incêndio poderia ter sido evitado se o Extintor estivesse em condições de uso e os 242 jovens não estariam mortos.

        Em 2014   todas Escolas Estaduais do Paraná foram totalmente reequipadas com novos Extintores de Incêndio, placas de sinalizações e outros, também   o projeto “Brigada Escolar” foi inserido na rede de ensino Estadual, Diretores, Professores e Funcionários tiveram treinamento referente ao uso do equipamento de Segurança “Extintor de incêndio” e os ALUNOS tiveram treinamentos de evacuação, com estes procedimentos sem sobra de dúvida as crianças estarão mais seguras dentro e fora da Escolas.

        Já em 2015 muitas Escolas estão com seus Extintores sem condições de uso, por que as Escolas não receberam recursos para que façam a manutenção desses equipamentos de segurança.  Governador Beto Richa, se houver um princípio de sinistro em alguma dessas Escolas, como o Senhor quer que a brigada escolar de combate e controle o princípio do incêndio, com os equipamentos sem condições de uso?  Com o aquecimento global, racionamento de água, muito provável que nem será com uma mangueira de jardim. 

 

    Celso Melchiades.

Organização Focolondrina.

       

10/11/2015

 

O Paraná é exemplo em Prevenção de incêndio e primeiros socorros em suas Escolas.

     O que deve estar pensando aqueles Vereadores de Londrina, que fizeram de tudo para atrapalhar a Equipe Focolondrina, em sua iniciativa de organizar uma campanha a nível Estadual para convencer os Prefeitos, a inserir palestra de Prevenção de incêndio e primeiros socorros nas Escolas de seus municípios.

    Todos os esforços que alguns Vereadores de Londrina, fizeram para favorecer o Prefeito para que ele não fosse obrigado a investir em Políticas Públicas de Prevenção de incêndio e primeiros socorros em Londrina, foi por água abaixo. Eles não conseguiram sabem porque? Sempre colocamos a frente em todas nossas lutas algo imbatível,” A NOSSA FÉ EM DEUS”.

    E foi através desta Fé que conseguimos o que parecia impossível de acontecer. Não só em Londrina, mas em outras cidades também. Vários Prefeitos do Paraná aderiu a Prevenção de incêndio e primeiros socorros, como uma nova Política de Segurança em seus Municípios, mas vale lembrar a todos Prefeitos que é preciso buscar informações sobre outros tipos de riscos e antecipar levando até a população informações para que elas possam se proteger.

     É Preciso também disponibilizar recursos para ser investidos em Palestras,que levam as informações sobre maneiras de se fazer Prevenção, para que a população possa se proteger de algum tipo de perigo que venha ocorrer no seu dia a dia.

"Prefeito inteligente sabe que dinheiro gasto em prevenção e investimento em benefício da vida de seu povo".

 

Equipe FOCOLONDRINA

 

15/08/2015

            17/11/2012

            Amanda Milléo, especial para a Gazeta do Povo

L

Lei da brigada será fiscalizada em 2013

Legislação exige equipe especializada para lidar com emergências desde janeiro, mas Corpo de Bombeiros só passará a cobrar regra no início do ano que vem

 

    Desde janeiro, todos os prédios residenciais do Paraná são obrigados a ter brigadas formadas por moradores ou funcionários com treinamento para lidar com situações de emergência. A previsão está no Código de Segurança contra Incêndio e Pânico do Corpo de Bombeiros do Paraná, que tem força de lei, mas a fiscalização do cumprimento dessa norma só terá início a partir de janeiro de 2013.

    O prevê que habitações multifamiliares ou prédios residenciais com mais de 100 moradores devem ter 80% dos funcionários da edificação mais um morador ou funcionário pertencentes à brigada. Para compor este grupo, os participantes devem passar por um treinamento, no mínimo básico, com técnicos de segurança, engenheiros de segurança do trabalho ou bombeiros.

    Além de fiscalizar as condições das saídas de emergência, iluminação, extintores e hidrantes, as brigadas são fundamentais para prevenir acidentes e combater os sinistros logo no início.

    “O conhecimento básico é o primeiro passo para a contenção de um incêndio ou gerenciar o abandono do prédio até a chegada dos bombeiros. Pessoas bem treinadas conseguem fazer todo esse processo e garantir a segurança dos demais”, explica o major da seção de engenharia do Corpo de Bombeiros de Curitiba, Sandro Marcos Mota.

O treinamento básico é de quatro horas e envolve técnicas de o uso de extintores, mangueiras de hidrantes até uma noção de primeiros socorros.

 

Fiscalização

    Os moradores podem solicitar a fiscalização do Corpo de Bombeiros para as medidas de segurança do edifício, inclusive a formação da brigada de incêndio. Caso o prédio não atenda a todos os cuidados previstos no Código de Segurança, a corporação emite um certificado de reprovação para que as irregularidades sejam cumpridas.

    “A fiscalização principal é feita pelos próprios moradores, a preocupação primeira é deles. Os bombeiros podem a qualquer momento fazer a vistoria do prédio”, explica o major Marcos.

    Se, mesmo com a notificação, o edifício não resolver os problemas, o Corpo de Bombeiros emite outro documento alegando a inadequação da edificação que é encaminhado ao Ministério Público (MP). “A cópia do procedimento, quando se esgota as vias dos órgãos fiscalizadores, pode ser encaminhada ao MP, no caso a promotoria, que vai examinar e abrir o processo para verificar se há a questão de insegurança. Caso se chegue a um nível que não tenha acordo, o MP entra com ação judicial, ação civil pública com obrigação de fazer, que pode acarretar multa para o condomínio”, explica o representante do Centro de Apoio Operacional da Promotoria de Justiça e Habitação e Urbanismo do MP-PR, Alberto Vellozo Machado. As multas não têm valores fixos, mas atendem a questão da proporcionalidade, segundo Machado. “Normalmente é um valor não exorbitante, para convencer que é mais em conta fazer as coisas do que não fazer”, finaliza.

Manutenção e cuidado garantem segurança

    A falta de manutenção dos equipamentos é um dos principais problemas apontados por especialistas para a área de segurança de condomínios residenciais. De acordo com o proprietário da OK prevenção e consultoria, empresa de cursos de segurança para edificações, Gilberto Oliveira, prédios comerciais têm maior preocupação com estes detalhes, ao contrário dos residenciais. “Eles não lembram que as mangueiras devem ser testadas, os extintores devem ser trocados. É muito comum, grande parte dos condomínios vive essa realidade. Se o bombeiro não cobra, não tem consciência disso”, aponta.

    Segundo Oliveira, se a maioria dos funcionários e moradores tiver conhecimento, ainda que básico, das principais ações e cuidados que devem ter, isso pode evitar ou até mesmo restringir o perigo dos sinistros. “Incêndio em condomínio sempre começa pequeno. Alguém esquece uma panela no fogo ou tem um botijão de gás pequeno em casa, dá um curto na fiação elétrica. São pequenos e para conter isso não precisa nem da mangueira, o extintor já apaga. Mas se perguntar onde que fica o extintor, pouca gente sabe. Ainda mais para qual tipo de material que é usado”, alerta.

    De acordo com o vice-presidente de condomínios do Secovi-PR, Dirceu Jarenko, se pelos menos os empregados souberem das principais medidas de segurança, já é válido. “Os funcionários, todos eles, devem ter conhecimento de primeiros socorros, de combate a incêndio, de como usar o extintor, qual tipo deve ser usado para cada caso. Verificar se os extintores estão carregados ou com a validade certa, se as mangueiras passaram por manutenção, se atingem da primeira à última dependência, entre outros detalhes”, comenta.

 

 

19/04/2015

 

Administração de Ponta Grossa da exemplo para o Paraná


 
      O projeto “Segurança e Prevenção nas Unidades Escolares – Brigadas de Incêndio” da Prefeitura de Ponta Grossa, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação (SME), foi reconhecido como um dos melhores do estado pelo prêmio Gestor Público Paraná 2014. Após o reconhecimento, a SME espera agora conseguir chegar a 100% o índice de capacitação dos profissionais da educação municipal no que se refere a segurança e as brigadas de incêndio.
     “Hoje já temos 70% dos profissionais das escolas municipais capacitados com essa formação em segurança e prevenção no ambiente escolar. Queremos que esse número chegue a 100% até o final do ano. Temos nossas 130 escolas preparadas para atuar de forma segura em casos de incêndio, além de equipe capacitada para orientação dos alunos e primeiros socorros”, apontou o Técnico de Segurança do Trabalho e coordenador do projeto, Francisco Barros.
     O trabalho é desenvolvido pela Secretaria de Educação desde 2013, após a Norma de Procedimento Técnico (NPT) 017 do Corpo de Bombeiros. As atividades do programa incluíram ainda a adequação dos projetos de prevenção de Incêndio, a compra de 4.200 placas de sinalização de emergência, recarga dos extintores, formação para os funcionários sobre o uso correto dos equipamentos de proteção, e implantação das Brigadas de Incêndio em todas as escolas e dependências administrativas da Secretaria Municipal de Educação (SME).
     O treinamento também consiste na realização de simulações nas escolas, duas vezes por mês, para que professores, alunos e equipe técnica estejam preparados para agir em situações reais.
 
Fonte: Prefeitura de Ponta Grossa.

 

01/03/2015

Prefeito inteligente disponibiliza recursos para investir em cursos de prevenção de incêndio

 
 

    Os prefeitos inteligentes do Paraná sabem que disponibilizar recursos financeiros para organizar cursos de prevenção de incêndio e primeiros socorros em escolas municipais, não é gasto, sim investimento em favor da vida.

 

Celso Melchiades

Conselheiro Estadual de Saúde

CMP Paraná

 

 

08/10/2014

 

Mais segurança para nossas crianças do Paraná

    A Organização Comunitária Focolondrina, através de seu Presidente Celso Melchiades, vem respeitosamente solicitar   ao Sr. Governador do Paraná Beto Richa, que seja inserido na grade curricular das Escolas Estaduais já no próximo ano letivo, Palestra de orientação de Prevenção de Incêndio e Controle de Pânico em todas Escolas Estaduais do Estado do Paraná, uma vez que nossas crianças não tem o mínimo de conhecimento de como se prevenir de um eventual incêndio estando nas dependências da Escola  ou em suas casas.

    Acreditamos que se esta medida for adotada pelo Sr.Governador, nossas crianças terão muito mais segurança dentro e fora da Escola.

    Solicitamos também que seja feita uma parceria com os Governos Municipais, para que o projeto Brigada Escolar também seja estendido para todas Escolas Municipais, de nosso Estado.

 

                            Celso Melchiades.

                        Organização Comunitária Focolondrina

 

31/01/2015

 

MUDAR PRA QUE, SE O QUE DÁ LUCRO É A TRAGÉDIA?

13/03/2014


   Por anos, o que vemos é gente tirar vantagens da desgraça dos outros, desigualdade social, educação precária, saúde precária, ninguém investe em cultura, PORQUÊ?

    Porque a desigualdade social mantém o pobre, o trabalhador e os demais que sobrevive do seu salário, como escravos de uma pequena parte de pessoas que não abrem mão de suas luxúrias e do seu capitalismo desmedido, que mantém essa situação que convêm somente a eles. 

      MUDAR PARA QUE, NÃO É MESMO?
    Agora quando se trata de salvar vidas, deveria ser diferente, já que essas vidas trabalham para manter esses país e a usura de alguns poucos.
    MAS NÃO É O QUE ACONTECE, essa pequena parte que foram eleitas para representar o povo no governo, não tem interesse nenhum em salvar vidas, seu ÚNICO interesse é ver meios caríssimos de gastar dinheiro público, com um único intuito, subfaturamento, para obter partilhas entre si.
    O investimento com cultura em prevenção, não dá gasto suficiente para que haja subfaturamento, porque esse aprendizado pode ser realizado através de palestras de orientação em prevenção de incêndio, isso bem organizado cria costumes na população gerando cultura no país em se prevenir. MAS PREVENIR NÃO DÁ LUCRO, TRAGÉDIA TRAZ LUCRO, PARA AS FUNERÁRIAS, CONSTRUTORAS, DEPÓSITOS DE MATÉRIAS DE CONSTRUÇÃO E BASTANTE SUBFATURAMENTO COM EQUIPAMENTOS QUE SÓ SERVEM DEPOIS QUE A TRAGÉDIA JÁ ESTA FORA DE CONTROLE.

 

Márcia F. Faria
CMP de Ibiporã

 

29/03/2014 
 

OS GUERREIROS DAS CAUSAS SOCIAIS DO PARANÁ

    A Força Comunitária de Londrina através de seu Presidente, Celso Melchiades unido com Jedelte Fernandes Neto (bombeirinho), representando o futuro do Paraná, também integrante da CMP de Curitiba, e Denilson Pestana Presidente da Nova Central Sindical do Trabalhadores do Paraná.

    Se uniram como verdadeiros guerreiros das causas sociais do Estado, para lutar e buscar apoio de Escolas, Creches, Associações de Moradores, Federações de Entidades, Movimentos Populares, Sindicatos de todos segmentos, para que juntos em uma verdadeira aliança em defesa da vida das Crianças do Paraná.

    De uma forma integrada, exigir de nossos Governantes, que seja implantada uma ementa corricular sobre prevenção de incêndio nas escolas do Paraná e que seja feito aquilo que já deveriam ter feito há 40 anos atrás, mas que hoje, ainda estão resistentes a essa atitude, em disponibilizar recursos para investir na informação, orientação e formas de se fazer prevenção de incêndio.

     Sim porque a falta de orientação é a principal causa de pequenos e grandes catástrofe em nosso país, como o incêndio na Boate Kiss, que certamente poderia ter sido evitado, se já tivéssemos uma Política séria com investimentos em palestras de orientação e prevenção de incêndio nas Escolas Municipais do Paraná e do Brasil, a melhor forma de se prevenir de um incêndio e a informação, sem ela o futuro de nossas crianças vai continuar em risco.

    A nossa luta será direcionada também para que o futuro de nossas crianças sejam tratadas com mais responsabilidade pelos Governos Estaduais Municipais e Federais.

 

   EQUIPE FOCOLONDRINA

 

  

26/04/2014

A integração e o melhor caminho para termos melhorias e mais qualidade no serviço de saúde do Paraná 

    Ao ser indicado pela executiva da CMP Paraná para estar representando a Entidade no conselho Estadual de Saúde, confesso que fiquei assustado, por que a responsabilidade de um conselheiro de saúde é muito grande perante as comunidades que precisam do serviço de saúde, ali no conselho é debatido as reivindicações de melhorias no serviço de Saúde em todo Paraná.

    Eu pude também comprovar observando os trabalhos das comissões no Conselho Estadual de Saúde, que, principalmente a Comissão de orçamento, a qual estou fazendo parte, possui a seriedade nas questões tratadas, discutidas e debatidas antes de levá-las a votação na Plenária do Conselho Estadual.

    Espero também poder contribuir, ajudando a melhorar o serviço de Saúde na cidade de Ibiporã, onde sou o Coordenador Político da CMP e através de uma integração com outros Conselheiros de outras regiões do Estado, possamos melhorar a qualidade do serviço de saúde no Paraná.

    Como conselheiro Estadual de saúde, pretendo buscar o apoio necessário, para que seja implantado o programa de orientação e prevenção de incêndio em todas Escolas Municipais  do Estado, uma vez que a Câmara de Vereadores de Londrina não deu a importância necessária para que seja resolvido este problema que já se arrasta a 40 anos.

    Há uma falta de projeto de prevenção de incêndio nas cidades.

    Uma vez que nosso Estado não esta preparado para enfrentar um problema tão sério, que é o tratamento de vítimas causadas por incêndio.

           

Celso Melchiades

CMP de Ibiporã

  

 

CELSO MELCHIADES

20-05-2014 15:00

A Organização Comunitária Focolondrina está lutando por um Paraná sem Incêndio.

04/05/2014         Há muito tempo estou falando para as autoridades do Paraná que precisamos com urgência que os moradores e trabalhadores dos prédios residenciais e comerciais, escolas e creches, tenham orientação de como se prevenir de um incêndio, mas não...
20-05-2014 14:59

CHEGA DE VIVERMOS DE FAZ DE CONTA

16/04/2014            Nós temos Prefeitos, Vereadores, Deputados Estaduais e Deputados Federais que faz de conta que trabalha em benefício das cidades.     Mas temos também, Sindicato que no papel representa as Associações de...
20-05-2014 14:57

Aprevenção de incêndio começou a ser levado a sério

20/03/2014         A Organização Comunitária focolondrina, já vem trabalhando a meses, para que tenhamos uma nova cultura de prevenção de incêndio em Londrina e região, desenvolveu o projeto Santa Maria em homenagem aos 242 jovens, vítimas do incêndio da...
20-05-2014 14:51

MOBILIZAÇÃO DOS TRABALHADORES

13/04/2014           A Força Comunitária de Londrina, através de seu Presidente Celso Melchiades, se uniu a Denilson Pestana Presidente da Nova Central Sindical dos Trabalhadores do Paraná, na busca de uma sociedade justa e igualitária para todos nós...
29-03-2014 18:00

REPÚDIO AO DISCASO POLÍTICO EM LONDRINA

23/03/2014       Em primeiro lugar, gostaríamos de agradecer ao Soldado Bombeiro Mirim, Jedelte Fernandes Neto de Curitiba, que representa todas crianças do Paraná, em uma luta que já deveria ter sido feita há 40 anos, mas o descaso de Políticos da época se tornou a...
29-03-2014 17:58

Londrina se une em uma aliança, em benefício da vida

15/03/2014       Um Pintor de Parede e um Carpinteiro, ambos hoje representantes de Entidades de grande expressão Estadual, se uniram para provocar a maior aliança jamais feita no Paraná e no Brasil, em benefício do povo, estamos falando de Celso Melchiades Vice...
29-03-2014 17:56

Força Comunitária do Paraná abraça Denilson Pestana como seu Pré-Candidato a Deputado Federal

 13/03/2014             A Força Comunitária do Paraná é o movimento comunitário que teve a coragem de dizer e provou para toda cidade que a porta de entrada da corrupção é a Câmara de Vereadores de Londrina, chegamos até a ser...
15-03-2014 20:04

Conscientização e Prevenção

17/02/2014       Meus irmãos, permita te chamar desta forma, porque desta vez não vou escrever apenas um artigo como é de costume, o que vamos fazer é conversar de Pai para Pai.     Você tem filho na Escola, você visita a Escola que seu filho...
15-03-2014 19:59

A saúde da região oeste agora será restabelecida

15/02/2014       A FECAMPAR (Federação das Entidades Comunitárias e Associações de Moradores do Paraná), através de seu Vice Presidente Celso Melchiades, convida a todos moradores da região Oeste de Londrina para a assembleia extraordinária, em virtude da total...
15-03-2014 19:57

A Cidade de Londrina precisa de ter prevenção de incêndio

09/02/2014                          Senhor Gustavo Richa, Presidente da Comissão de Segurança Pública da Câmara de Vereadores de Londrina, sinceramente eu não sei mais o que fazer para convencer os senhores sobre o perigo...

Política

Esta seção está vazia.

COMENTÁRIOS DE CELSO MELCHIADES

05-12-2010 20:16

BLOG DO FÁBIO CAMPANA

celso melchiades Sábado, 25 de Setembro de 2010 – 16:43 hs primeiramente gostaria de manifestar o meu apoio a esta diretoria da fecampar e dizer que estamos muito orgulhosos de fazer parte da organização para quem nao me conhece meu nome e CELSO MELCHIADES estou a frente da forcça...
05-12-2010 19:25

BLOG DO LINEU THOMASS

Posted by celso melchiades on Julho 17, 2010 at 8:15 pm ao meu amigo lineu thomas fiquei triste pelo que fizeram com voce eu nao tenho duvida que voce seria uma boa opção para quem queria mudanças mas meu amigo espero que voce continue nos apoiando em nossa luta...
05-12-2010 19:07

BLOG DO ESMAEL

  celso melchiades diz: 3 de Dezembro de 2010 às 19:30 LONDRINA SEM DÚVIDA É O BERÇO DA MUDANÇA NO PARANÁ COM BETO RICHA NO GOVERNO DO PARANÁ E HAULY NA SECRETARIA DA FAZENDA SEM DÚVIDA RENOVA A ESPERANÇA A TODOS LONDRINENSES DE TER UM PARANÁ MAIS FORTE E UMA...

Contatos

Focolondrina

focolondrina@hotmail.com

Av: Do Sol nº.541 Jd do Sol - Londrina-PR

(43) 9 9903.6667

Procurar no site

Notícias

03-05-2016 17:02

PREVENÇÃO UMA PRIORIDADE PARA SEGURANÇA DA POPULAÇÃO

14/01/2016       No dia 27 de janeiro próximo, fará 3 anos que 242 jovens morreram no incêndio da Boate Kiss, na verdade eles foram vítimas da falta de informação de como se proteger em um incêndio, acredito que se eles tivessem tido o mínimo de informação teriam se...

noticia

Esta seção está vazia.

 


 

 

 

 

 

 

 Aliança em benefício da vida

Foto: Focolondrina

    Quando se fala em segurança para sua família, não pode ter divergência política ou partidária, porque a família é muito mais importante que tudo.

    Não devemos nunca deixar que oportunista se aproxime ou manipule um líder comunitário para promover a discórdia em beneficio de si mesmo.

    A FECAMPAR (Federação das Entidades Comunitárias e Associações de Moradores do Paraná), conseguiu pela primeira vez no Paraná, organizar aquilo que parecia impossível, juntar políticos sindicalistas e empresários, todos com o mesmo objetivo, levar ate o Governo uma renvidicação que há décadas passavam despercebidas, a prevenção de incêndio e o controle de pânico nas Escolas do Paraná, com essa integração conseguimos sensibilizar o nosso Governo e o nosso objetivo  esta sendo alcançado.

    Agora esperamos que as administrações Municipais  tenham a mesma consciência e procure estar também  integrada com o Governo  Estadual e Federal  e não mais promover  a desgraça  de muitos em beneficio de poucos.

     Precisamos que o projeto brigada escolar seja estendido para todas as Escolas Municipais e que o pesadelo de Uruguaiana e Santa Maria sirva de lição para todos nós, tornando a integração o melhor caminho para termos uma sociedade justa e igualitária.

    Esta aliança não será usada para beneficiar estes ou aqueles grupos políticos, ela foi organizada para provar para o Paraná que o Governo e o Povo devem estar integrados com o mesmo objetivo. Salvar vidas.

    A FECAMPAR regional Londrina agradece publicamente a toda equipe da Organização Comunitária Focolondrina, aos Vereadores, Péricles Deliberador, Marcos Belinati, Roberto Fu, Wilson Bitencortt, ao Deputado Estadual Belinati, ao Presidente da Nova Central dos Trabalhadores do Paraná Denílson Pestana da Costa, ao Dr. Marcelo Belinati, ao Presidente da Câmara de Vereadores de Cambe Eliseu Vidotti, ao Deputado Federal Luiz Carlos Hauly, ao Presidente do PSDC de Londrina Bruno Ubiratã, ao Presidente do PSDC Estadual Luiz Adão, ao Empresário Luciano Pizzato, SINTRAMICA, SENALBA Londrina, SECRASO NP, Sindicato dos Vigilantes de Londrina e região, Cooper Fire Extintores, Ulisses Sabino, também ao   Presidente  do SINDISERV   Marcelo Urbaneja, Eder Pimenta, Presidente da FEMOCLAM  Nilson Pereira,  Geonisio Marinho, Valdenir Dielly Dias, aos   gabinetes  dos  Vereadores  Péricles, Wilson Bitencort,  Roberto Fu, Marcos Belinati,  Jurandir Rosa  Diretor do Jornal A SEGURANÇA METROPOLITANA  de Londrina, Carlos Zapata do Jornal voz de Ibaiti, ao  amigo Messias Lima, Lineu Tomass, Carioca, também aos   Assessores  do Deputado Belinati,  Baixinho, Aguilera, em Especial ao Ratinho Junior,  Ministério Público, ao   Governo do  Paraná Beto  Richa e tenho a certeza que  seus  apoios  foram de grande importância na formação e  organização no  projeto da aliança de integração Comunitária  do Paraná.

    A FECAMPAR Regional Londrina em nome do povo do Paraná, agradece a todos e que Deus Abençoe a cada um por estar ajudando de alguma forma buscar mais segurança para nossa família.

           Celso Melchiades

    Vice Presidente Fecampar

 

 

 

Será que um dia poderemos ter realmente algum direito?

 
19-02-2013 13:22

2011-04-16 10:33

 

 

     Sonho! Nos vivemos de sonho e esperança ,os movimentos populares lutam para que os sonhos se torne realidade e  os direitos de cada cidadãos sejam respeitados.

   Sempre foi este o verdadeiro papel das associações de moradores, mas a partir do momento que o líder da entidade se mostrava competente e determinado na defesa dos direitos de sua comunidade. 

    Imediatamente aguçava a cobiça de mercenários, que procura sempre calar a boca de líderes comunitários a qualquer preço e assim fazer com que as reivindicações daquela comunidade deixassem de existir.

    Londrina sempre será o berço dos movimentos populares do Paraná, muitos partidos cuja sua ideologia era defender e lutar pelos menos favorecidos.

     Essa história começou em Londrina, mas infelizmente foi se perdendo, por que os partidos políticos no papel era uma coisa, na prática era outra.

      Isso esta se repetindo nas associações de moradores, entidades que na prática é formada para representar e defender a sua comunidade.

       O que esta acontecendo em Londrina?

     As entidades foram formadas, mas só tem a representatividade no papel, esta com a boca calada e defendendo políticos que não tem compromisso com a comunidade, precisamos que estas entidades realmente exerçam a sua responsabilidade, lutar e defender os direitos dos cidadãos e cumprir o seu estatuto.

       A partir do momento que os presidentes respeitam o seu estatuto a sua comunidade passa a ter suas reivindicações respeitadas.

       Infelizmente o que esta acontecendo é que o presidente negocia através da sua credibilidade favores pessoais.

      Por estar sempre acontecendo isso tomamos a iniciativa de não mais articular com presidentes de associações de moradores em Londrina.

      Não que temos algo contra eles, na verdade respeitamos e muito, mas infelizmente não podemos confiar em todos os presidentes e trazer para dentro do movimento.

       Nossa organização respeita e sempre defenderá os Presidentes de associações de moradores sérios, vamos também dar prioridade em defender os direitos de nossos irmãos de luta, não somos mercenários, somos  Organizadores  Comunitários da Força Comunitária de Londrina.

Celso Melchiades

 

 

  

© 2010 Todos os direitos reservados.

Crie o seu site grátisWebnode